top of page

A praia dos meus sonhos


Eu tenho uma praia de sonhos. É um lugar de prazer, de reflexão, de sorrisos, de silêncio, de antíteses. Nesse lugar eu vivo meus melhores momentos de alegria, meus melhores momentos de afeto, saúde mental, amizades puras e verdadeiras. Lá, vivi amores, paixão, a doçura de brincar ao sol e à luz da lua.


Os sonhos não são para se viver longe de si. Os sonhos sonhados de longe são como os sonhos sonhados dormindo, são impossíveis. Os sonhos que sonhamos acordados são para serem vividos. Sonhos verdadeiros, reais, possíveis são sonhos que estão perto da gente. E essa minha praia está pertinho de mim.


Minha praia é plana, tem muita jangada, peixe e pescador. Tem gente simples, que sabe o que eu não sei, fala palavras que desconheço, faz coisas que nunca saberei, tem coragem inexplicável. Nessa praia, vi coisas de beleza tão linda e tão perto que meus olhos sempre se espantam ao repetir ver.


Na praia dos meus sonhos eu caminho quilômetros sem me cansar. Olho para o mar infinito no seu mudar de cor brilhante, ora prateado, ora cintilante. Mar azul, mar verde, mar que muda de cor espumante, num branco misturado às muitas cores borbulhantes, com algas que gravitam para enfeitar a superfície da sua grandeza.


Na areia, restos de algas se misturam a pedras e conchas coloridas, de cores e tamanhos que variam, e num passeio vespertino elas pedem para ser colocados no colo e depois despachados como se acalentados pelo nosso toque de admiradores vorazes.


Na minha praia eu sonho acordada com um infinito que só existe no meu pensar, sonho com um Deus que crio num gesto de adoração a beleza e a perfeição, que consigo ver com olhos de régua que vão rigorosamente medindo cada onda, cada nuvem, cada espaço preenchido de mar.

Na praia dos meus sonhos, abraço meus netos, brinco na areia e faço castelos de sonhos de princesas que só minha princesinha pode sonhar. Depois ela o destrói, e eu construo outro e mais outro. Ela pode chutar, a onda bater, apagar, afinal, é sonho, é fantasia, é nosso, é só de sonhar.


Eu deito na areia, me lambuzo, me aventuro no mar. Converso com as filhas e as amigas, rimos e brincamos, estamos vivendo, estamos realizando os sonhos nos lugares mais nobres e bonitos da terra, tão perto de nós, tão perfeito, tão lindo. Nossa praia, nosso lugar!


Essa é a praia dos meus sonhos, e eu nunca vou deixar de sonhar com ela. É a praia criada por Deus, para que eu pudesse acreditar que a felicidade é simples e está perto de mim, que posso aproveitar o belo e a natureza que se misturam comigo. Fácil e sem complicação. Sonho ou realidade?


Sonho e realizo o meu sonhar. Na praia dos meus sonhos, aqui vou um dia repousar.


32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page